maxresdefaultProvavelmente, podemos dizer que a Defesa Siciliana é a abertura de Xadrez mais famosa de todos os tempos.  Podemos dizer que é a mais popular, pois 25% de todos os jogos caem na Siciliana.  Uma percentagem significativa, se levarmos em conta a quantidade de aberturas que se pode escolher para jogar. se você joga 1.e4, a possibilidade de enfrentar uma Defesa Siciliana pode estar em 50%. E porque toda esta popularidade? A maneira mais fácil de responder a esta questão, é dar uma olhada em algumas posições simples de abertura.

screen-shot-2017-01-14-at-10-53-24-am
1.e4 (ver diagrama acima) é um dos dois movimentos iniciais mais populares das Brancas (o outro é um 1.d4). Com 1.e4 as Brancas controlam algumas casas centrais e abrem linhas para o desenvolvimento da sua Dama e Bispo de f1. Se fosse possível às Brancas fazer um segundo movimento em seguida, o que elas jogariam? a resposta, claro, é 2.d4!, para controlar as casas centrais e continuar abrindo linhas de desenvolvimento para suas peças. Com o controle do centro fica fácil abrir novas linhas de desenvolvimento, as Brancas tem uma boa posição nos primeiros movimentos da abertura. As Pretas dispõe de muitas respostas possíveis a 1.e4, mas apenas 2 alcançam um contra ponto a ameaça de dominar o centro por parte das Brancas, esses lances são 1… e5 (resposta simétrica ao peão do rei) e 1… c5 (já Siciliana). Não é por acaso, portanto, que ambas as defesas são as respostas mais populares contra 1.e4, mas é importante ressaltar que a ocorrência da Siciliana é duas vezes maior que 1… e5. E porque isso é assim? Vejamos a posição após 1… c5 (diagrama abaixo)
screen-shot-2017-01-14-at-10-56-07-am
As Pretas tomam o controle da casa d4 e se preparam para responder ao avanço d2-d4 com cxd4, eliminando um dos peões centrais das Brancas e atenuando o controle central do seu adversário. A vantagem que a Siciliana tem sobre 1… e5, por exemplo, é que as Pretas podem desequilibrar a posição com uma estrutura de peões assimétricas, logo na fase inicial da partida. Isto dá, para ambos os lados, a oportunidade de jogar e ganhar desde o começo. A diferença para outras aberturas, é que é improvável que as Brancas possam obter alguma vantagem “sem risco”, porque a posição sempre conterá algum tipo de desequilíbrio.
Estrutura de Peões
Boa parte dos nossos artigos tratarão de Sicilianas Abertas, nas quais as Brancas jogam 2.♘f3, seguido de 3.d4. É de longe a forma mais comum que as Brancas combatem a Siciliana. Desta forma, as Brancas abrem mais linhas para suas peças e tentam explorar sua vantagem no desenvolvimento. Vamos nos deter na abertura com os movimentos 1.e4 c5 2.♘f3 d6 3.d4 cxd4 4.♘xd4
screen-shot-2017-01-14-at-11-01-11-am
As Brancas estão avançadas no seu desenvolvimento e podem jogar suas peças com maior liberdade. As Pretas, no entanto, tem a vantagem estrutural de poder contar com um peão extra no centro, que a longo prazo pode conceder a possibilidade de dominar o setor central do tabuleiro. As Brancas tem a responsabilidade de explorar a sua vantagem no desenvolvimento, afim de garantir mais rapidamente a posse da iniciativa da partida. Se jogarem passivamente (ou sem iniciativa), é natural que as Pretas com sua melhor estrutura de peões, domine o centro o que lhe dará maiores perspectivas de longo prazo. Desta forma, é muito raro que ocorra algum tipo de “igualdade neutra”. Na Siciliana, se ocorrer das Pretas “igualarem”, é natural que elas estejam melhores. Esta vantagem estrutural pode ser vista na maioria das linhas da Siciliana Aberta, por exemplo, nas variantes Dragão, Najdorf, Scheveningen e Clássica. A principal excessão a esta regra, está na variante Sveshnikov, em que as Pretas assumem peões débeis em troca de atividade.
Variantes Sicilianas
Nos 5 primeiros artigos sobre este tema, trataremos das variantes mais populares da Siciliana Aberta: a Dragão, a Najdorf, a Scheveningen a Sveshnikov e a Clássica. Naturalmente, todos estes sistemas têm características similares, como também distintos. Depois destes artigos, passaremos a tratar de variantes menos habituais da Siciliana Aberta: Taimanov, Quatro Cavalos, Kan, Dragão Acelerado e Kalashnikov. Também veremos as linhas que as Brancas se utilizam para simplificar as complexidades da Siciliana Aberta, com os sistema ♗b5 e c3. E finalmente, terminaremos esta série de artigos com a Siciliana Fechada, o Ataque Grand Prix, o Gambito Morra e outras linhas menos usuais.
E será isso pessoal, espero que gostem dessa série de artigos que se inicia, e que deixem seus comentários para que possamos ter uma idéia se os artigos estão sendo úteis para vocês.
Varela

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s