screen-shot-2017-02-04-at-11-31-13-amO Sistema Colle é uma abertura de xadrez introduzida pelo belga Edgard Colle no início dos anos 20. É uma variante da Abertura do Peão da Dama, caracterizada pelo sistemático desenvolvimento das peças menores brancas, visando o avanço do peão do rei à e4. Apesar de ser considerada uma abertura sólida, é também muito inflexível, o que a torna pouco popular nos jogos dos Grandes Mestres.

O Sistema Colle é mais um esquema de jogo do que uma abertura. As brancas jogam d4, ♘f3, e3, ♗d3, 0-0, ♘bd2 e possivelmente c3, quase sem importar com o que respondam as negras. A teoria de aberturas tem uma importância secundária.

Como o Sistema Colle praticamente ignora as respostas das pretas, é considerado uma boa ferramenta para jogos Blitz, para evitar variações de jogadas pelas pretas ou para forçar o oponente a pensar no início do jogo.

Sistema Colle-Zukertort

Uma variante muito utilizada do Sistema Colle é o Sistema Colle-Zukertort, que, ao invés de avançar o peão do bispo da dama a c3, avança o peão do cavalo da dama a b3, desenvolvendo o bispo de casas escuras com o fianchetto.

O plano branco, nesse sistema, consiste num ataque à ala do rei, mais precisamente ao roque menor preto. As brancas planejam avançar o peão do rei a e4, e tirar o cavalo preto de f6, seja por meio da troca dos peões em e4 ou por um avanço a e5. Isso remove a proteção do peão preto de h7, permitindo o sacrifício do bispo com ♗xh7, o chamado Sacrifício Clássico do Bispo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s